‘Anjos de Natal’ em quatro noites de espetáculo na rua

Teatro, dança, canto e música compõem a dramaturgia que vai ser encenada por crianças e adolescentes do ITM numa produção aberta ao público em frente ao Dall’Onder Grande Hotel

             Com um elenco de 100 pessoas, a Rede de Hotéis Dall’Onder, em parceria com o Instituto Tarcísio Michelon (ITM), leva para a rua o tradicional espetáculo ‘Anjos de Natal’. Três palcos serão montados em frente ao Dall’Onder Grande Hotel, em Bento Gonçalves (RS), além de uma ampla estrutura de luz e som. Aberta ao público, a produção será exibida nos dias 22, 23, 25 e 26 de dezembro, sempre a partir das 21h.

 O grande diferencial desta edição é a inclusão artística. Ao invés de reunir profissionais, como ocorreu no ano passado, a direção do espetáculo montou o elenco a partir das aptidões das crianças e adolescentes do Instituto. A proposta foi além, envolvendo familiares, vizinhos e amigos que se reúnem aos finais de semana no hotel, nos ensaios que já seguem em ritmo acelerado. “Descobrimos muitos valores artísticos ocultos na comunidade. No teatro, na dança, no canto e na música. Estamos valorizando e estimulando a evolução desses talentos, além de fortalecer os laços familiares”, destaca o presidente do ITM, Tarcísio Michelon.

Com um repertório que intercala canções natalinas e clássicas, o espetáculo terá a participação da Orquestra Filarmônica do Instituto, formada por dezenas de jovens, atração à parte que vai emocionar o público. O enredo vai contar a saga do nascimento de Jesus numa linguagem simples, com expressões diversas da arte. Atores, músicos, bailarinos e cantores, todos tecnicamente preparados por profissionais, contracenarão durante 75 minutos. A produção vai reunir, entre elenco e equipe técnica, cerca de 200 pessoas.

Celebrando os 10 anos do ITM, o espetáculo Anjos de Natal também vai colocar em cena a sagrada razão da existência da instituição: o ser humano e sua capacidade de mudar o curso de vidas diante de importunidades. Michelon ressalta que a ideia de fazer um espetáculo aberto ao público é uma forma de dividir com a comunidade todo trabalho que vem sendo desenvolvido com estes jovens. Nesses 10 anos, mais de 1.500 crianças e adolescentes já se beneficiaram do projeto. Alguns deles, inclusive, seguiram carreira com formação superior e hoje são professores de música no ITM. “Nossa missão é transformar vidas por meio da arte”, finaliza.

Ficha técnica

Direção – Rubens de Oliveira (Rubinho)
Coreografia – Moacir Correa
Produção – Maria da Glória de Gasperi Todeschini
Produção Executiva- Angela Martins

Mais sobre o ITM – A arte que transforma vidas

Há 10 anos desenvolvendo habilidades e competências socioculturais, o Instituto Tarcísio Michelon (ITM) vem promovendo a inclusão social de crianças e adolescentes , através da arte e da cultura. Neste período, mais de 1,5 mil jovens já participaram do projeto. São aulas práticas e teóricas com instrumentos de sopro, cordas, percussão e técnica vocal. O trabalho resultou na criação da Orquestra Filarmônica, no Conjunto de Cordas e no Coro Jovem ITM, que realizam apresentações em eventos da região.

Os encontros são semanais e atualmente reúnem 200 crianças e adolescentes de quatro a 18 anos das cidades de Bento Gonçalves, Carlos Barbosa e Garibaldi. As aulas são gratuitas e acontecem no Dall’Onder Grande Hotel de segunda a sábado no turno e contra turno. Integram a equipe a maestrina do coro, o maestro da orquestra, professores de sopro, violino, violoncelo e baixo, assistente social e fonoaudióloga, além de produtores culturais. Cinco dos professores foram alunos do ITM. Laís Roman, musicista pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) é uma delas.

O gosto pela música aproximou Laís do Instituto aos 14 anos de idade, quando teve o primeiro contato com violino, ascendendo sua paixão em torno do instrumento. Incentivada pelos professores, prestou vestibular nas federais de Pelotas, Porto Alegre e Santa Maria, sendo aprovada em todas. Hoje, está na metade do curso e divide seu tempo entre estudos, participação em grupos musicais e como professora de violino no ITM. “É muito gratificante ver que comecei como aluna e hoje estou ajudando outras crianças e adolescentes a aprender a tocar violino. Todo sábado de manhã temos ensaio. Não imaginava que um dia seria professora de música”, destaca.

Assim como Laís, Cláudia Marchioro dos Santos também mudou sua vida a partir da música. Atualmente é maestrina do coro do ITM. No oitavo semestre de Música pela Universidade de Caxias do Sul (UCS), Cláudia começou no Instituto aos 12 anos de idade. Vinícius Boldi Rodrigues é outro exemplo. Há 9 anos no Instituto, passou a ser monitor.

O Instituto mantém convênio com o Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) que auxilia na proposta pedagógica das atividades e é responsável pela certificação dos jovens como músicos. O ITM nasceu da vontade do diretor superintendente da Rede de Hotéis Dall’Onder, Tarcísio Michelon, de proporcionar a estes jovens uma experiência transformadora, capaz de torná-los cidadãos mais conscientes e preparados para o futuro.

Foto: Acervo ITM
Legenda: Michelon a frente do projeto

Fonte: Conceitocom Brasil

Deixe uma resposta